Processo judicial eletrônico chegará a todos os Juizados Especiais Cíveis até outubro deste ano



O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) implantará, até o fim de outubro deste ano, o Processo Judicial Eletrônico (PJe) em todos os juizados especiais cíveis (JECs). Em 2020, 87 unidades jurisdicionais já haviam migrado para o novo sistema.


No dia 9 de agosto, o PJe foi implantado nos 1º, 2º, 3º, 4º, 7º, 21º, 23º e 27º Juizados Especiais Cíveis da Comarca da Capital. No dia 16 de agosto, foi a vez de Campos dos Goytacazes (1º e 2º JECs), Ilha do Governador (20º JEC) e Vila Isabel (9º JEC).

Na próxima etapa, no dia 30 de agosto, o PJe será implementado em Niteroi (1º, 2º e 3º JECs) e na Região Oceânica.


“A chegada do PJe vai permitir que tenhamos um sistema mais adaptado à modernidade, com uma linguagem atual e que pode ser acessado de qualquer lugar. O novo sistema também oferece a possibilidade de, mais adiante, acoplarmos as automações e até mesmo inteligência artificial, propiciando uma maior rapidez na tramitação dos processos”, acredita Humberto Cruz, da Assessoria Geral de Inovação e Governança de Tecnologia da Informação (ASPJE).


Veja o cronograma para implementação do PJe:




Clique aqui para ler a matéria completa e saber quais serventias o PJe já foi implantado.


Fonte: TJ RJ - publicado pela assessoria de imprensa do TJ RJ em 23/08/2021